Faça tudo pelo Evangelho!

|




Nos dias 12 e 13 de novembro nossos jovens da JUCÓR participaram do Congresso Esportivo do DIJESUL, que aconteceu na cidade de Rio Grande.

Nossos jovens chegaram à semifinal nos jogos de ping-pong (feminino e masculino) e futsal (feminino e masculino); porém, neste ano a JUCÓR não ganhou os jogos. Mas isso não foi suficiente para deixar nossos jovens tristes, que retornaram para casa fazendo muita festa e muita bagunça na viagem, e chegaram com ainda mais ânimo e vontade de praticar os esportes.


Deve-se grande destaque à ‘charanga’ improvisada pelos meninos. Eles passaram o tempo inteiro torcendo e fazendo festa. Foi muito divertido!

O Congresso, que contou com mais de 300 inscritos, teve como tema “Faça tudo pelo Evangelho”. Embora todos aspirassem pela vitória, pelos troféus e medalhas, esse não foi o maior objetivo dos nossos jovens, pois eles estão convictos de que nossa maior vitória já foi comprada com o sangue do Salvador, e
hoje ‘em Jesus somos mais que vencedores’. Nossos jovens estavam lá para brincar, reencontrar os amigos, conhecer gente nova, mas, principalmente, para testemunhar o que são e o que creem, fazendo realmente TUDO PELO EVANGELHO.


A união dos jovens foi essencial, fizeram por merecer o tema que levam consigo: “amigos mais chegados que irmãos”. Além disso, essa união não ficou somente dentro da JUCÓR, nossos jovens adotaram também o tema da IELB: acolhendo e integrando. Assim, estavam interagindo com as outras juventudes, lembrando sempre que juntos SOMOS UM!
Futsal Masculino
Futsal Feminino
A turma do ping-pong







Vôlei Feminino


Nossos jovens foram desafiados a comentar sobre o que acharam do Congresso Esportivo. Eis as respostas:

“Momentos de euforia e momentos de desapontamento devido às derrotas. Mas foi através dessas derrotas que se comprovou a verdadeira união. Essa é a JUCÓR: mesmo sem vitórias, sempre alegre e unida.” Mateus Noremberg

“Foi bom estarmos reunidos, Congresso em si é muito valioso” Everton Oliveira

“Foram dois dias de muita disposição para fazer barulho e ajudar os amiguinhos, com o incentivo da charanga.“ Dionevã Krolow

“O Congresso foi muito bom, todos foram bem, apesar do nervosismo. Espero ano que vem estar lá de novo representando a juventude e dando um bom exemplo, dentro e fora de quadra, aos mais novos que estão entrando na juventude.” Elizandro Hartwig


“Tudo foi muito bom! Houve muita união e tudo transcorreu sem problemas.” Taiana Tuchtenhagem

“O Congresso Esportivo vem crescendo muito na qualidade. Os jovens estão cada vez mais focados no verdadeiro objetivo, resultado de um trabalho conjunto de pastores, juventudes e diretoria do Distrito. A JUCÓR, de uma forma especial, esteve focada e unida. Os jovens mostraram que sabem respeitar os limites de seus irmãos e que mesmo não ganhando os jogos, já tem a maior vitória! Continuemos trabalhando neste mesmo objetivo cada vez com mais força e vontade, fazendo tudo pelo Evangelho.” Camila Lettnin

DIJESUL - Forte em Santa União
Que nossa querida JUCÓR siga com o foco e a força que tem tido até aqui! E que venha o Cultural...


Dia Mundial de Ação de Graças - IELB

|

Natal mais calmo

|

 Ainda faltam 40 dias para o Natal, mas ele já é anunciado com vibração nas vitrines e propagandas comerciais. Nas igrejas a preparação começa mesmo no dia 27 de novembro, o primeiro Domingo de Advento. Esse período litúrgico surgiu no quarto século, logo após a fixação oficial da data do nascimento de Jesus. Com o mesmo objetivo da Quaresma antes da Páscoa, é destinado à reflexão espiritual para que o Natal seja celebrado de forma condizente aos propósitos cristãos. O Advento, que significa “vinda”, lembra três chegadas de Cristo: em carne, no juízo final e através do Evangelho continuamente pregado.

Não é preciso dizer que a festa do Natal, em parte, já perdeu o seu caráter cristão. E nem falo do meio secular que proíbe crucifixos. Quem nega a morte de Cristo também nega o seu nascimento. O problema é com os cristãos. Já disse Paulo: “Não vivam como vivem as pessoas desse mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês” (Romanos 12.2). Neste sentido, além das atitudes e costumes, algumas figuras natalinas no âmbito religioso comprometem e desvirtuam. Afinal, símbolos precisam apontar para o sentido legítimo do Natal, a exemplo do pinheirinho com seu verde constante que lembra a eternidade de Cristo e, com sua ponta para cima, de onde surge a salvação. Qualquer imagem que não advenha ao Salvador é outro natal, outro advento. Que o diga João Batista.
Até porque a “tradição” deve “traduzir” aquilo que “traz”, senão o resultado é “traição”. Quatro palavras com a mesma raiz do verbo latino e que expõem um problema com o nosso Natal cada vez mais apressado e infiel. Não por conta da oferta do céu que vem uma vez só e de graça, mas pelas ofertas terrenas em 10 vezes e com juros. Receio que se o Senhor chegasse hoje, correria com os vendilhões do templo. Mas ainda é Advento, tempo oportuno para refletir e mudar. E assim o Natal pode chegar com mais calma...
Marcos Schmidt
pastor luterano

CONGRESSO ESPORTIVO 2011

|

É hoje! Começa às 13:00h o nosso esperado e empolgante Congresso Esportivo. Aos jovens que irão participar, sejam luzes por lá! Demonstrem garra, dinamismo, força, capacidade, luta, empolgação, determinação, vocês já são vitoriosos em Cristo Jesus. Aos que não irão, torçam, orem, imaginem e façam forças para irem no próximo, sua presença nos é cara e, você faz falta junto de nós.
Vamos disputar as modalidades com muita vontade, porém sempre dentro das regras e lembrando que do outro lado não está um inimigo, apenas um outro jovem cristão, irmão na fé, que tem as mesmas aspirações, portanto lembrem-se, um jogo termina, mas a vida e a amizade precisam continuar. Façam amigos, pois "em todo tempo ama o amigo e, na angústia ele se faz irmão"! DEUS NOS ABENCOE!

Colete à prova de tudo

|

O colete do cinegrafista, morto durante uma operação policial contra traficantes no Rio de Janeiro, não era à prova de balas de fuzil. E agora o tiro que atravessou o colete vem acertando em cheio algumas contradições quanto à segurança dos agentes de notícia nestas coberturas de alto risco. Segundo informações, o colete balístico do repórter era do tipo impróprio para a proteção contra fuzis usados em confrontos com os bandidos, além de estar com sinais de desgaste pelo tempo de uso. Por isto a acusação do advogado da família da vítima, que o "cinegrafista foi mandado para a morte".

O tiro acerta em cheio também no assunto da epístola bíblica para este próximo Domingo, conforme a liturgia cristã. Ao recomendar a prontidão na batalha espiritual, Paulo diz que “devemos usar a fé e o amor como couraça e a nossa esperança de salvação como capacete” (1 Tessalonicenses 5.8). Surge então a pergunta: o colete espiritual que uso é à prova de balas? Ou nem tenho este tipo de proteção? Em outra carta o apóstolo já lembrava: “Vistam-se com a couraça da justiça (...) recebam a salvação como capacete” (Efésios 6.14-17). Ele sublinha que este colete é um presente dado por Deus, é de graça (2.8). Aos gálatas, Paulo explica a funcionalidade deste colete: “Pois, por meio da fé em Cristo Jesus, todos vocês (...) se revestiram com as qualidades do próprio Cristo (Gálatas 3.26,27). Ou seja, Cristo é a proteção. Por isto a conclusão: “Estamos em perigo de morte o dia inteiro (...) mas em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus” (Romanos 8.36,39).
“Estar com aquele colete ou de camiseta era a mesma coisa”, reclamou o advogado da família, que acusa o descaso pela vida da vítima. Bem diferente daquilo que diz Davi na esfera espiritual: “Deus faz tudo perfeito e cumpre o que promete. Ele é como um escudo para os que procuram a sua proteção” (Salmo 18.30).
Marcos Schmidt
pastor luterano

 

©2009 PARÓQUIA CONCÓRDIA | Template Blue by TNB