Eleição na Cruz

|

No dia 05 de outubro temos importantes escolhas a fazer. Vamos escolher nas urnas. Porém em cada um dos outros dias estamos também elegendo. Escolhemos a roupa a usar, a comida a servir, a resposta que iremos dar, a conduta que vamos adotar.
A Bíblia também fala sobre escolhas. No texto bíblico de Josué 24.14-15, o líder escolhido por Deus cobra uma escolha do povo que insistentemente se apegava em superstições e deixava de lado o Criador do Universo: “Escolhei hoje a quem sirvais, aos deuses ou ao Senhor?” Ele apresenta a sua escolha com convicção dizendo: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (v.15b).
No livro de Apocalipse, há também um apelo à decisão, além de uma forte crítica àqueles que ficam em cima do muro no que diz respeito ao seu relacionamento com Deus. As palavras do Senhor dizem: “Conheço as tuas obras, que nem és frio ou quente. Quem me dera fosses frio, ou quente! Assim, porque és morno, e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te de minha boca” (Ap 3.15-16).
Mas o destaque da Escritura Sagrada é que antes de solicitar uma decisão, Deus já votou, já decidiu por nós! Logo, não somos nós que escolhemos a Deus. Antes, foi ele que nos escolheu (1 Jo 4.19). Ele nos escolhe e nos chama pelo nosso nome (Is 43.1).
O Senhor Deus não quer que o abandonemos. Ele faz sua campanha dizendo que sempre cumpriu suas promessas (Josué 21.45). E para não pensarmos que ele possa nos esquecer, assim como muitos políticos que sofrem de amnési
a depois das eleições, Ele nos diz: “Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama...? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti.(Is 49.15)”.
Deus nunca se esquece da gente, porque nossos nomes estão gravados em suas mãos (v.16). Eles foram escritos com o sangue de Cristo.
Muitas são as escolhas. Cada eleição é importante. Porém essencial e irrevogável foi o gesto de Jesus, usando a cruz como se fosse uma urna, deu sua vida por nós, para que fossemos eleitos para vida eterna. (João 3.16).
 Pastor Ismar Lambrecht Pinz

 

©2009 PARÓQUIA CONCÓRDIA | Template Blue by TNB